Qual é coisa, qual é ela? Vê lá se és capaz…

Perguntas que são enigmas, que fazem pensar e são divertidas. Tanto faz jogar sozinho como em equipa. Há sempre respostas, umas evidentes, outras nem tanto. São puzzles, são armadilhas, às vezes são quadras, outras trava-línguas, mas põem sempre a imaginação a trabalhar. Ninguém sabe quem as inventou. Fazem parte da tradição oral. Quer dizer que chegaram intactas até aos dias de hoje porque os mais velhos contaram aos mais novos e os mais novos não as deixaram morrer.

Aqui ficam algumas adivinhas para despertar o bichinho.  Passa com o cursor do rato nos quadrados coloridos para leres as perguntas e carrega no botão de cada um deles para descobrires as respostas. Para passar ao jogo seguinte, basta carregares na seta [>] que aparece na lateral do painel. 

Atenção: esta apresentação só resulta em pleno no desktop, tablet ou portátil. No telemóvel, alguns textos podem aparecer cortados.

Artigos Recentes

Telescola. O professor da TV chegou à aldeia

Durante quatro décadas, os professores da Telescola levaram o 5.º e o 6.º anos a meio milhão de alunos que nunca pensaram ir além da 4ª classe.

Porque não há papel higiénico nos supermercados?

Muita gente levou quilos de papel higiénico para casa com receio que ele acabasse. Como o medo só gera ainda mais medo, outros tantos foram atrás.

Quantos vírus há na Terra (além do coronavírus 2, claro)?

Se alguém enfileirasse todos os vírus numa única linha, eles percorriam 100 milhões de anos-luz ou então dariam mil voltas à largura da Via Láctea.

Porque é que as zebras têm riscas?

Há pelo menos 18 teorias para explicar as riscas, mas nenhuma reúne o consenso dos cientistas. Este é um dos mistérios da Natureza.

Doces histórias preparadas na cozinha portuguesa

Com uma mão-cheia de refugiados, uma pitada do Oriente, uma casquinha dos franceses e um dedinho dos nórdicos se faz uma sobremesa portuguesa.

Histórias salgadas preparadas na cozinha portuguesa

Guerras, perseguições, religião e até um galo que nunca chegou a cantar são alguns dos condimentos dos pratos portugueses mais tradicionais.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here