Um português é da sua cidade, mas também do bairro, da aldeia e da região onde vive ou nasceu. Está, por isso, lançada a confusão com os gentílicos – nomes que exprimem a naturalidade ou a proveniência e que são aos milhares. De onde somos e para onde vamos podem até ser dúvidas filosóficas difíceis de responder. Mas é das poucas certezas para quem tem orgulho na sua terra. Entra neste jogo e descobre como os gentílicos das cidades e vilas portuguesas são uma grande salgalhada de árabes, romanos, gregos e povos bárbaros.

 

 

Gentílicos

1 – Abrantes

Qual destas rimas é a correta?

        a) Na terra dos abrantinos não há lugar para cretinos.
b) Abrantolhos em Abrantes são muitos e vivem aos molhos.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) Quem é de Abrantes é um abrantino ou uma abrantina

2 – Alcácer do Sal

O matemático Pedro Nunes, nascido em Alcácer do Sal, em 1502, é um:

 a) alcacerense
 b) alcacerano
c) salciense

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
As hipóteses a) e c) estão corretas.

3 – Alcochete

Qual destas frases é verdadeira?

a) Marisco e sopas são especialidades do restaurante O Alcochetano.
b) As Festas do Barrete Verde e das Salinas são a tradição mais popular entre os alcocheteiros.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) O restaurante O Alcochetano tem um menu variado de sopas e mariscos e o seu nome é uma homenagem aos moradores de Alcochete.

4 – Angra do Heroísmo

Qual das seguintes frases é falsa?

a) Quem visita a Ilha Terceira tem de passar pelo Teatro Angrense para conhecer a majestosa sala típica da ópera italiana.
b) Os agrenses são dos poucos portugueses a saber que Angra do Heroísmo já foi capital de Portugal por duas vezes.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
Nenhuma. O Teatro Angrense é visita obrigatória, em Angra do Heroísmo, cidade que foi já foi capital do país por duas vezes: na crise de sucessão de 1580 e, em 1830, durante as Guerras Liberais. Os seus habitantes são conhecidos como angrenses, mas também podem ser chamados de agrenses, embora não seja tão comum.

5 – Azambuja

Qual das seguintes frases é a correta?

a) Nem os azambujinos acreditam nos gambozinos.
b) 22 mil azambujenses vivem em sete freguesias da Azambuja.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
Ambas estão corretas. Um habitante da Azambuja é conhecido como azambujino, mas também como azambujense.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra A
Águeda: aguedense | Aguiar da Beira: aguiarense | Alandroal: alandroalense |  Albergaria-a-Velha: albergariense |  Albufeira: albufeirense |   Alcoutim: alcoutenejo, alcoutinense, alcoutenense |  Alenquer: alenquerense ou alencarense |  Alfândega da Fé: alfandeguense |  Alijó: alijoense |  Aljezur: aljezurense |  Aljustrel: aljezurense |  Almada: almadense |  Almeida: almeidense |  Almeirim: almeirinense ou almeirense |  Almodôvar: almodovarense |  Alpiarça: alpiarcense |  Alter do Chão: alterense |  Alvaiázere: alvaiazerense |  Alvito: alvitense |  Amadora: amadorense |  Amarante: amarantino |  Amares: amarense |  Anadia: anadiense |  Ansião: ansianenseArcos de Valdevez: arcuense, arcoense, arquense |  Arganil: arganilense | Armamar: armamarense |  Arouca: arouquense, arouquês |  Arraiolos: arraiolense |  Arronches: arronchense |  Arruda dos Vinhos: arrudense |  Aveiro: aveirense |  Avis: avisense.

gentílicos

6 – Barcelos

Qual destas três expressões se aplica à cidade dos barcelenses?

a) Terra ribeirinha e plana.
b) Coração do Minho.
c) Princesa do Cávado.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
Todas. A primeira expressão está presente nos mais antigos documentos referentes à cidade. A segunda está, obviamente, relacionada com a sua localização na região minhota. A terceira, por fim, está ligada ao facto de o rio Cávado dividir a cidade ao meio.

7 – Beja

Um pacato morador de Beja é um:

a) Bejense
b) Pacense

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
Ambas estão certas. Um bejense também é um pacense porque, durante o Império Romano, Pax Iulia foi o nome de Beja. Até ao século XX, alguns autores identificaram erradamente a cidade romana com Badajoz, em Espanha, daí os seus também terem o mesmo gentílico.

8 – Benavente

Qual destes três festivais acontece na cidade dos benaventanos?

a) Festival dos Rapazes.
b) Festival de Arroz Carolino.
c) Festival do Butelo e das Casulas.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
b) Festival de Arroz Carolino – o evento costuma acontecer no mês de maio, na freguesia se Samora Correia. É bastante conhecido entre os benaventanos, que também são chamados de benaventinos ou benaventenses.

9 – Braga

Além de bracarense, brácaro e braguês, qual é o outro nome pelo qual são conhecidos os habitantes de Braga?

a) Bracaraugustano.
b) Braguenses.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) Bracaraugustano. O gentílico deve-se ao facto de a cidade de Braga ter sido batizada de Bracara Augusta no Império Romano. Quem a fundou foi o imperador César Augusto por volta do ano 14 antes de Cristo. Com origem no Mesolítico, o território, porém, já existia como cidade antes de os romanos invadirem a Península Ibérica, sendo habitada pela tribo dos Brácaros. Chamavam-lhes brácaros por vestirem bracas, termo que deu origem à palavra bragas e que significava calções.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra B
Baião:   baionense | Barrancos:  barranquense, barranquenho, arraiano | Barreiro:  barreirense | Batalha: batalhense | Belmonte: belmontense | Bombarral: bombarralense ou bombarrelense | Borba: borbense | Boticas: botiquense |Bragança: bragantino.

gentílico

10 – Cascais

Por quantos gentílicos são conhecidos os residentes de Cascais?

a) Dois.
b) Três
  c) Cinco.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) Dois – cascalense e cascalejo.

11 – Castelo Branco

Por que chamamos albicastrense a quem nasceu ou vive em Castelo Branco?

a) Por ser o nome do primeiro povo a fundar a cidade.
b)Porque é a junção de duas palavras do latim.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
b) Albicastrense é uma palavra formada pelos elementos latinos «albi» – branco – e «castrense», que deriva de «castrum» e significa castelo

12 – Chaves

Qual destes três gentílicos se aplica aos habitantes de Chaves?

a) Chelense.
b) Chorense.
c) Flaviense.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
c) Flaviense. O nome tem origem no imperador romano Titus Flavius Vespasiano, que fundou a cidade, no ano de 79 antes de Cristo. Daqui resulta o gentílico flaviense, mas também a primeira designação da cidade – Aquae Flavie. Já agora, os chelenses são os moradores de Chelas, bairro da freguesia de Marvila, em Lisboa, e Chorense foi uma freguesia de Terras de Bouro, extinta em 2013.

13 – Coimbra

Quantos gentílicos tem Coimbra?

a) Dois.
b) Quatro.
c) Três.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
c) Três: coimbrão, colimbriense e conimbricense. Sabias que Coimbra foi capital do reino durante os séculos 12 e 13?

14 – Cuba

Um habitante de Cuba, no distrito de Beja, é um cubano. A afirmação está:

a) Certa.
b) Errada.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.

b) Errada. Um alentejano de Cuba é um cubense. Alguns investigadores acreditam que o nome se deve ao facto de, após conquistar a cidade aos árabes, as tropas de D. Sancho II encontraram uma grande quantidade de cubas para guardar o vinho. Outros historiadores estão mais convencidos de que a origem do topónimo é muito anterior à reconquista e deriva do árabe Coba, diminutivo de torre.

Descobre aqui os gentílicos dos outros municípios que começam com a letra C
Cabeceiras de Basto: cabeceirense | Cadaval: cadavalense | Caldas da Rainha: caldense |  Calheta (Açores): calhetense | Calheta (Madeira): calhetense | Câmara de Lobos: câmara-lobense | Caminha: caminhense | Campo Maior: campomaiorense | Cantanhede: cantanhedense ou cantanhadense | Carrazeda de Ansiães: carrazedense | Carregal do Sal: carregalense | Cartaxo: cartaxense ou cartaxeiro | Castanheira de Pêra: perense ou castanheirense | Castelo de Paiva: paivense, castelo-vidense, vidense, viticastrense. | Castelo de Vide: castelo-vidense | Castro Daire: castrense | Castro Marim: castro-marinense ou castromarinense | Castro Verde: castrense, castro-verdiano, castro-verdense | Celorico da Beira: celoricense | Celorico de Basto: celoricense ou celoriquense | Chamusca: chamusquense | Cinfães: cinfanense | Condeixa-a-Nova: condeixense | Constância: constanciense | Coruche: coruchense | Corvo: corvense ou corvino | Covilhã: covilhanense | Crato: cratense.

gentílicos

15 – Entroncamento

Qual é o gentílico do Entroncamento?

a) Entroncado.
b) Entrecruzamentos.
c) Entroncamentense.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
c) Entroncamentense. O Entroncamento deve o seu nome ao facto de estar localizado no cruzamento de duas linhas ferroviárias – a Linha do Norte, que liga Lisboa ao Porto, e a Linha da Beira Baixa, que termina na Guarda. Foi graças ao comboio que a localidade se desenvolveu, começando por ser uma estação de comboio entre Torres Novas e Vila Nova da Barquinha, que, em 1945, se transformou em vila, acabando por ser elevada a cidade em junho de 1991.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra E
Elvas: elvense | Espinho: espinhense | Esposende: esposendense | Estarreja: estarrejense | Estremoz: estremocense | Évora: eborense.

gentílicos

16 – Ferreira do Alentejo e Ferreira do Zêzere

O que distingue um habitante de Ferreira do Alentejo e outro de Ferreira do Zêzere.

a) Os cerca de 182 quilómetros que separam as duas vilas.
b) Muita coisa, mas quando viajamos para Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja, encontramos os ferreirenses, e se formos para Ferreira do Zêzere, no distrito de Santarém, temos também os ferreirenses.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
As duas respostas estão certas. As duas vilas têm o mesmo gentílico, mas não é caso único: os habitantes da Figueira da Foz, no distrito de Coimbra, e de Figueira de Castelo Rodrigo, no distrito da Guarda, também partilham o mesmo nome – figueirense.
Descobre aqui os gentílicos dos outros municípios que começam com a letra F
Fafe: fafense |Faro: farense | Felgueiras: felgueirense |Figueiró dos Vinhos: figueiroense | Fornos de Algodres: algodrense | Freixo de Espada à Cinta: freixiense, freixenista, freixonista, freixonita, frexenista | Fronteira: fronteirense |Funchal: funchalense | Fundão: fundanense.

 gentílicos

16 – Guarda

Por que se chamam egitanienses aos habitantes da Guarda?

a) Porque era o antigo nome da sua cidade.
b) Porque é resultado de um erro histórico.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
b) Os naturais da Guarda são egitanienses, egitanenses ou egitanos, porque todas estas palavras derivam do antigo topónimo Egitânia, cidade fundada no século I antes de Cristo pelos romanos no território que corresponde hoje a Idanha-a-Velha, no distrito de Castelo Branco. Durante muito tempo, os historiadores julgaram que a Egitânia se situava na Guarda, mas mesmo descobrindo mais tarde a verdadeira localização, o gentílico egitaniense ficou enraizado.

17 Guimarães

Por que os habitantes de Guimarães são designados de vimaranenses?

a) porque era o nome do fundador da cidade.
b) porque era a designação para os povos que viviam nessas terras.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) A origem de Guimarães remonta a uma vila designada Vimaranes, nome de Lucídio Vimaranes, nobre do Condado Portugalense e dono desta terra. A palavra evoluiu depois para Guimarães por via do latim, mas os seus habitantes continuam a ser designados por vimaranenses.

18 – Grândola

Quais destas atividades económicas são ou foram importantes para os grandolenses?

a) Minas.
b) Cortiça.
c) Agricultura.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) e b) estão certas.  A indústria mineira do cobre teve início em 1863 no Canal Caveira e mais tarde no Lousal. Com o encerramento da mina, em 1988, foi criado o Museu Mineiro do Lousal. Vale a pena uma visita para conhecer as galerias, as escavações e os imponentes motores da central elétrica que abastecia a mina e toda a vila. A cortiça, por outro lado, continua a ser a principal atividade, com o fabrico e comercialização de rolhas, isolamentos, acessórios de moda ou artesanato.
Descobre aqui os gentílicos dos outros municípios que começam com a letra G
Gavião: gavionense |Góis: goiense |Golegã: goleganense |Gondomar: gondomarense | Gouveia: gouveiense.

gentílicos

19 – Horta

 Porque é que se diz que os hortenses vivem no apeadeiro do Mundo?

a) Porque as vistas da cidade da Horta, na ilha açoriana do Faial, são de cortar a respiração.
b) Porque na marina da Horta passam embarcações de todo o mundo.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
b) A Horta tem montanhas, florestas, vulcões e praias belíssimas, mas o que distingue a cidade é a marina, onde muitas centenas de velejadores fazem escala nas suas viagens pelo Atlântico Norte. Com capacidade para 300 embarcações, é a segunda da Europa e a quarta do planeta. Atendendo à grande variedade de nacionalidades que acolhe todos os anos, ficou conhecida como apeadeiro do Mundo.

Como não há mais cidades a começar com H, segue para a:

gentílicos

Descobre aqui os gentílicos das únicas duas cidades que começam com a letra I
  Idanha-a-Nova: idanhense |Ílhavo: ilhavense. 

gentílicos

20 – Lamego

Um habitante de Lamego é um:

a) Lamecense
b) Lamegão

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) A resposta correta é lamecense.

21 – Lisboa

Por que os lisboetas também são alfacinhas?

a) Porque na ocupação árabe havia plantações de alfaces em todas as colinas.
b) Porque usavam laçarotes espampanantes que provocavam o riso das povoações vizinhas.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
Ambas poderão estar corretas. Há duas justificações para o nome. A primeira versão está ligada à ocupação árabe, período em que haveria plantações de alfaces em todas as colinas. A segunda versão traduz uma provocação das populações vizinhas – não gostando de serem tratadas como saloios, passaram a chamar os lisboetas de alfacinhas. O motivo eram os laçarotes farfalhudos a fazer lembrar alfaces ao pescoço, que usavam nos passeios domingueiros às suas terras. Almeida Garrett foi quem, por fim, popularizou a alcunha na obra «Viagens da Minha Terra», onde surge a seguinte frase: «Pois ficareis alfacinhas para sempre, cuidando que todas as praças deste mundo são como a do Terreiro do Paço.»
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra L
Lagoa: lagoense |Lagoa [São Miguel, Açores]: lagoense |Lagos: lacobrigense | Lajes das Flores: lajense | Lajes do Pico: lajense | Leiria: leiriense | Loulé: louletano | Loures: lourense | Lourinhã: lourinhanense | Lousã: lousanense | Lousada: lousadense.

gentílicos

22 – Mogadouro

Quais destes quatro pratos não faz parte da gastronomia típica dos mogadourenses?

a) Marrã.
b)
Bulho.
c)
Regueifa.
d)
Cascas ou Casulas.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
c) As regueifas são típicas da cidade de Aveiro. Todos os outros pratos são tradicionais de Mogadouro. Marrã é carne de porco assada na brasa, bulho é chouriço com ossos e cascas ou casulas são vagens de feijão secas cozidas com bulho.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra M

Mação: maçaense | Macedo de Cavaleiros: macedensecavaleiros | Machico: machiquense | Madalena: madalense | Mafra: mafrense  | Maia: maiato |Mangualde: mangualdense | Manteigas: manteiguense | Marco de Canaveses: marcoense | Marinha Grande: marinhense | Marvão: marvanense | Matosinhos: matosinhense | Mealhada: mealhadense | Mêda: medense | Melgaço: melgacense | Mértola: mertolense | Mesão Frio: mesão-friense | Mira: mirense | Miranda do Corvo: mirandense | Miranda do Douro: mirandês | Mirandela: mirandelense | Moimenta da Beira: moimentense | Moita: moitense | Monção: monçanense | Monchique: monchiquense |Mondim de Basto: mondinense |  Monforte: montense | Montalegre: montalegrense |Montemor-o-Novo: montemorense | Montemor-o-Velho: montemorense | Montijo: montijense |Mora: morense |Mortágua: mortaguense | Moura: mourense |Mourão: mouranense |Murça: murcense | Murtosa: murtoense.

gentílicos

23 – Nelas

O que torna o Carnaval dos nelenses diferentes de todos os outros:

a) A Segunda-feira das Velhas.
b) Carros alegóricos.
c) Despiques entre bairros rivais.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) e c) são as respostas corretas. Há mais de 300 anos que, na segunda-feira de Carnaval, os nelenses saem à rua com as mais excêntricas fantasias de velhotas, enchendo as ruas de barrigudas, pencudas e desdentadas. Os despiques entre Paço e Rossio, bairros rivais de Canas de Senhorim, também são o ponto alto com os foliões a cantar e puxar pela sua terra.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra N
Nazaré: nazarense |Nisa: nisense | Nordeste: nordestense.

gentílicos

24 – Óbidos

Quem nasceu em Óbidos é um

a) obidense.
b) obidário

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
A resposta certa é a).

25 – Oliveira

Quem são os oliveirenses em Portugal?

a) Não há oliveirenses em Portugal.
b) Todos nascidos ou a viver em Oliveira de Azeméis, Oliveira de Frades, Oliveira do Bairro e Oliveira do Hospital.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
b) é a resposta certa. Em Oliveira de Azeméis e em Oliveira do Bairro, no distrito de Aveiro, em Oliveira de Frades, no distrito de Viseu, e em Oliveira do Hospital, no distrito de Coimbra, todos são oliveirenses.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra O
Odemira: odemirense |Odivelas: odivelense |Oeiras: oeirense | Oleiros: oleirense |Olhão: olhanense| Ourém: oureense| Ourique: ouriquense | Ovar: ovarense.

gentílicos

26 – Pombal

Nascido em Lisboa, em 1699, o Marquês de Pombal era um lisboeta. Mas como viveu em Pombal, entre 1777 e 1782, era também:

a) Um pombo.
b) Um pombense.
c) Um pombalense.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
c)  pombalense é a resposta correta.

27 – Porto

Por que são os portuenses chamados de tripeiros?

a) Por que fazem das tripas coração pela sua terra.
b) Porque comem tripas, obviamente!
c) Porque deram a carne aos conquistadores de Ceuta e ficaram com as tripas.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
b) e c) estão certas. Na receita tradicional, as tripas à moda do Porto são de vitela e muito bem limpas com sal e limão. Uma lenda popular também atribui essa alcunha ao sacrifício dos operários portuenses, que só comiam tripas para abastecer de carne limpa os barcos que, nas margens do Douro, se preparavam para conquistar Ceuta em 1415.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra P
Paços de Ferreira: pacense |Palmela: palmelense | Pampilhosa da Serra: pampilhosense | Paredes: paredense | Paredes de Coura: courense |Pedrógão Grande: pedroguense | Penacova: penacovense |Penafiel: penafidelense |Penalva do Castelo: penalvense | Penamacor: penamacorense |Penedono: penedense |Penela: penelense |Peniche: penicheiro |Peso da Régua: reguense | Pinhel: pinhelense | Ponta Delgada: ponta-delgadense | Ponta do Sol: ponta-solense | Ponte da Barca: barquense | Ponte de Lima: limiano | Ponte de Sor: ponte-sorense | Portalegre: portalegrense | Portel: portelense | Portimão: portimonense Porto de Mós: portomosense | Porto Moniz: porto-monizense | Porto Santo: porto-santense | Póvoa de Lanhoso: lanhosense | Póvoa de Varzim: poveiro | Povoação: povoacense |Proença-a-Nova: proencense.

gentílicos

28 – Redondo

Além do Castelo de Redondo, qual é o outro grande monumento que enche os redondenses de orgulho?

a) Menir de Santa Margarida. 
b) Convento de S. Paulo Eremita.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
b) O Convento de S. Paulo Eremita, dos séculos XV-XVIII, terá sido a casa-mãe dos Monges de Jesus Cristo da Pobre Vida. Os historiadores acreditam também que D. Sebastião ficou neste convento antes de partir para a expedição de Alcácer Quibir, em 1578.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra R
Reguengos de Monsaraz: reguenguense, monsarense | Resende: resendense | Ribeira Brava: ribeira-bravense | Ribeira de Pena: ribeirapenense | Ribeira Grande: ribeiragrandense | Rio Maior: riomaiorense.

gentílicos

29 – Santarém

Por que os santarenos de Santarém também são conhecidos como escalabitanos?

a) Porque vivem na antiga cidade Scalabis, fundada pelo filho de Ulisses e Calipso.
b) Porque inventaram o famoso molho de escabeche.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) é a resposta certa. O nome escalabitano deriva da lenda greco-romana de Ábidis, filho de Calipso e de Ulisses de Ítaca. Fruto de uma relação casual, a criança é colocada num cesto e atirada ao Tejo, a mando do avô Gorgoris. Ábidis sobreviveu graças a uma loba que o alimentou até ser capturado por caçadores e levado para junto da mãe no reino de Lusitânia. Ábidis viria a tornar-se o rei dos lusitanos, criando a cidade esca-ábidis ou Scalabis, o primeiro nome da cidade de Santarém, cujos habitantes são conhecidos por escalabitanos.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra S
Sabrosa: sabrosense |Sabugal: sabugalense |Salvaterra de Magos: salvaterrense |Santa Comba Dão: santacombense |Santa Cruz: santacruzense |Santa Cruz da Graciosa: graciosense |Santa Cruz das Flores: santa-cruzense | Santa Maria da Feira: feirense | Santa Marta de Penaguião: penaguiense |Santana: santanense |Santiago do Cacém: santiaguense |Santo Tirso: tirsense | São Brás de Alportel: alportelense |São João da Madeira: sanjoanense |São João da Pesqueira: pesqueirense |São Pedro do Sul: são-pedrense |São Roque do Pico: São Roquense |São Vicente: são-vicentense, são-vicentino |Sardoal: sardoalense |Sátão: satense | Seia: senense | Seixal: seixalense |Sernancelhe: sernancelhense | Serpa: serpense |Sertã: sertanense |Sesimbra: sesimbrense |Setúbal: setubalense, sadino |Sever do Vouga: severense |Silves: silvense |Sines: sineense |Sintra: sintrense |Sobral de Monte Agraço: sobralense | Soure: sourense | Sousel: souselense.

Gentílicos

30 – Tomar

Quem vive em Tomar é..

a) Um nabantino ou uma nabantina.
b) Tomarense.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
Ambas estão certas. Nabância foi durante muito tempo identificada como sendo a cidade romana onde fica Tomar. Mais tarde, os arqueólogos concluíram que a designação romana de Tomar era Sélio e que Nabância ficava mais a sul. Mas os tomarenses continuaram a ser chamados de nabantinos.

31 – Terras de Bouro

O que significa Terras de Bouro para os terrabourenses?

a) Estábulo.
b) Pocilga.
c) Cortiço.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) A resposta certa é estábulo. «Bouro» terá vindo do galaico-português borio, que significa estábulo, cortelho (curral) ou abegoaria (anexo para animais e alfaias agrícolas).
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra T
Tábua: tabuense |Tabuaço: tabuacense | Tarouca: tarouquense |Tavira: tavirense |Tondela: tondelense | Torre de Moncorvo: moncorvense |Torres Novas: torrejano |Torres Vedras: torrense | Trancoso: trancosense | Trofa: trofense.

gentílicos

32 – Vila Viçosa

Um ou uma habitante de Vila Viçosa é …

a) Um ou uma calipolense.
b) Vilaçosense.
c) Viçoso ou viçosa.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
a) A opção certa é a primeira. Calipolense tem origem na difusão da cultura da Grécia Antiga e vem de Kallipoliskallos (formoso) + polis (cidade), dando origem ao atual topónimo Vila Viçosa.

33 – Vila de Rei

Qual destas ilustres figuras é um ou uma vilarregense?

a) José Cardoso Pires.
b) Florbela Espanca. 
c) Nadir Afonso.

Carrega aqui, por favor, e descobre a resposta.
A resposta certa é a). O escritor José Cardoso Pires nasceu em São João do Peso, no concelho de Vila de Rei, a 2 de outubro de 1925, e morreu com 73 anos, no Bairro de Campo Grande, em Lisboa.
Descobre aqui os gentílicos de outros municípios que começam com a letra V
Vagos: vaguense |Vale de Cambra: valecambrense | Valença: valenciano |Valongo: valonguense |Valpaços: valpacense |Velas: velense |Vendas Novas: vendasnovense |Viana do Alentejo: vianense |Viana do Castelo: vianense |Vidigueira: vidigueirense |Vieira do Minho: vieirense |Vila da Praia da Vitória: Praiense |Vila do Bispo: vila-bispense |Vila do Conde: vila-condense |Vila do Porto: Mariense |Vila Flor: vilaflorense |Vila Franca de Xira: vila-franquense |Vila Franca do Campo: vila-franquense |Vila Nova da Barquinha: barquinhense |Vila Nova de Cerveira: cerveirense |Vila Nova de Famalicão: famalicense |Vila Nova de Foz Côa: foz-coense |Vila Nova de Gaia: gaiense |Vila Nova de Paiva: paivense |Vila Nova de Poiares: poiarense |Vila Pouca de Aguiar: aguiarense |Vila Real: vila-realense |Vila Real de Santo António: vila-realense |Vila Velha de Ródão: rodense |Vila Verde: vilaverdense |Vimioso: vimiosense |Vinhais: vinhaense |Viseu: viseense |Vizela: vizelense |Vouzela: vouzelense.

 

👀 Aqui fica mais uma sugestão de leitura que é também um jogo cheio de curiosidades: Erros, mentiras e traições do português.