ENCICLOPÉDIA DOS PORQUÊS

InicioENCICLOPÉDIA DOS PORQUÊS

Por que é (quase) tudo uma questão de perspetiva?

O nosso um ponto de vista é mais um ponto de vista no meio de milhões de pontos vista. É o mundo em que vivemos.

Por que são melhores as mais improváveis amizades?

Temos a tendência para escolher os amigos parecidos connosco, mas as amizades improváveis mostram-nos o mundo sob outros pontos de vista.

Por que são os livros os melhores companheiros?

Os bons livros estão na praia, no jardim, no autocarro, connosco na sala de espera do dentista e até na casa de banho, se for preciso.

Por que estão os pirilampos a desaparecer?

Se continuarmos a não prestar atenção aos pirilampos, eles irão deixar de brilhar na noite. Depois, só nos contos de fada voltaremos a vê-los.

Por que anda o tempo depressa ou devagar?

Uma coisa é o tiquetaque que nunca para e outra é como sentimos o tempo a passar. Por quais destes relógios devemos acertar os ponteiros?

Por que são os cães os melhores amigos?

A pergunta é do mais banal que se pode fazer, mas as respostas são surpreendentes. Será que conheces o teu companheiro? Põe à prova os teus conhecimentos.

Por que são os porcos tão porcos?

Eles são inteligentes, asseados e carinhosos. Se lerem este artigo até ao fim, acreditem, nunca mais vão olhar para os porcos da mesma maneira.

Por que gostam tanto os portugueses dos diminutivos?

Ninguém bate os portugueses com de três dezenas de diminutivos na pontinha da língua. Há inhos, zinhos, elhos, etes, ichos, iscos e muito mais.

Por que são os morcegos, afinal, os heróis deste filme?

Com a reputação danificada, nestes últimos meses, o Bicho Que Morde decidiu que está na hora de reabilitar a imagem dos morcegos.

Por que é bom falar com as plantas?

Elas não têm orelhas, olhos nem nariz. Ou sequer pernas para fugir. Mas coordenam ataques, combinam estratégias de defesa e pedem socorro às companheiras.

Por que choramos?

Somos os únicos seres à face da Terra que choramos. Somos piegas, temos de aceitar o nosso destino. Ou melhor, a nossa condição de humanos.

Por que é que certas palavras não têm tradução?

As palavras transportam culturas, feitios e expressões de cada povo. É por isso que é impossível traduzir tudo à letra e, muito menos, numa única palavra.

A não perder