Featured

InícioFeatured

Quanto tempo é preciso para nascer?

O tempo para nascer não é igual para todos, tal como não é igual o tempo que cada um de nós precisa para crescer, aprender, experimentar ou até para dormir.

Louis braille acendeu uma luz na escuridão

Aos três anos, Louis Braille teve um acidente que o deixou cego da vista direita. Aos cinco, a infeção alastrou-se para o olho esquerdo...

Língua morta. Elogio às palavras caídas em desuso

A língua é como um ser vivo, rica em expressões que enriquecem o nosso vocabulário, mas também com palavras caídas em desuso.

Os grandes porquês sem resposta da ciência

Por mais que a ciência, o conhecimento e a tecnologia avancem, haverá sempre porquês sem respostas. Alguns mistérios estão prestes a serem desvendados, outros...

Lengalengas. Um-dó-li-tá é a tua vez de jogar!

Diverte-te com este punhado de lengalengas. Quem sabe se, depois de soltares a língua, não descobres o que têm elas de tão especial?

Por que tudo o que é preciso saber está na tabela periódica?

Tudo, tudo é um exagero, obviamente, mas muito do que a Humanidade já criou não seria possível sem um ou mais elementos da tabela periódica.

Por que são as conversas dos animais diferentes de país para país?

Derek Abbott, investigador da Universidade de Adelaide, na Austrália, coordenou um inquérito internacional para descobrir como as pessoas imitam os sons que um mesmo animal faz em diferentes lugares do planeta.

Karl von Firsch ensinou-nos a dança das abelhas

Por detrás da dança das abehas, Karl von Firsch descobriu fórmulas matemáticas para determinar com rigor a localização da comida.

Por que é o inútil, afinal, útil?

Bicho-Que-Morde mostra como é um desperdício não dar importância ao que parece inútil, mas, afinal, é de grande utilidade.

Quanto tempo demora o silêncio a ficar incómodo?

Por que é o silêncio incómodo? A pergunta tem tantas respostas como as culturas. Cada povo tem um entimento diferente sobre o silêncio.

A mãe é que tem sempre razão!

Se ela ralha e obriga a fazer o que não queremos, por que gostamos tanto dela? Simples: o mundo dá muitas voltas, mas a mãe tem sempre razão.

Se uma Maria faz tanto barulho, o que farão três Marias?

Três Marias escreveram um livro que pôs o Estado Novo Com os nervos em Franja. A obra é hoje um marco na História dos direitos das mulheres.

A não perder